Programação agosto 2012

12 domingo 11h00 / 16 quinta 20h30
TRIO TROVATORI DELL`ANIMA
Neste concerto, o Trio Trovatori dell’Anima apresenta canções para voz acompanhada de instrumentos antigos (Alaúde e Guitarra Barroca). Ao interpretar obras de compositores da Renascença Inglesa, do Barroco Espanhol e Modinhas Brasileiras, o grupo mostra a poesia por entre as cordas dedilhadas em formações solo, em duo e trio. Composto por peças de John Dowland, Thomas Robinson, José Marin,Gaspar Sanz, Santiago de Murcia, Cândido Ignácio da Silva, Arthur Napoleão e Joseph Fachinetti, o programa oferece um panorama dos diferentes elementos e sotaques particulares desta formação e do gênero Canção, ressaltando seu caráter singelo e popular.

Programa:

Primeira Parte:

Come again – J. Dowland (1563-1626)
Can she excuse my wrongs – J. Dowland
Preludium – J. Dowland
Weep you no more sad fountains – J. Dowland

Goe from my window – Thomas Robinson
Fine knacks for ladies – J. Dowland

Segunda Parte:

Pavanas por la D, al Aire Español – Gaspar Sanz (1640–1710)

Minueto – Santiago de Murcia (1673 – 1739)

No piense Menguilla ya – José Marin (1619-1699)
Si quires dar marica en lo cierto – José Marin
Canarios – Gaspar Sanz

Minha Marília não vive – Cândido Ignácio da Silva (1800-1838)
Teu sorriso – Arthur Napoleão (1843-1925)
Ganinha, minha ganinha – Anônimo
Em qualquer parte que esteja – Joseph Fachinetti (1810-1870)

14 terça 20h30

“Canções de Amor”
Márcia Soares (mezzo-soprano) Francielle Barros (soprano) Daniel Umbelino (tenor) Elise Monney (piano)

O amor tem sido cantado por todas as artes através dos tempos como o mais nobre de todos os sentimentos. Este programa apresentado ao público em 04 de agosto último no Teatro Municipal de Patos de Minas (MG). O programa tem como tema principal o amor, nas suas mais diversas formas.
Programa:

Canções de Gabriel Fauré, Chiquinha Gonzaga, Ronaldo Miranda, Claudio Santoro, Alberto Nepomuceno e Villani-Cortes. No programa a segunda audição de “Primeira Inspiração” do compositor de Patos de Minas, Alino Dias (Soninho).

19 domingo 11h00 / 23 quinta 20h30

RECITAL ANGÉLICA DUARTE (soprano)
ao piano EDSON PIZA

FOLK SONGS

“A música folclórica expressa a natureza do povo”
                                                     Leonard Bernstein
A natureza, o amor, a guerra e a morte estão entre as poucas verdades eternas e constantes que acompanham a humanidade desde o início. Diferentes povos, em diferentes tempos, cantaram suas dores e alegrias de amor, seus desejos de fartura e prosperidade, ou mesmo suas despretensiosas brincadeiras infantis.Movidos pelo desejo de conservar e celebrar a cultura popular, mas também certamente pelo poder por vezes misterioso dessas canções, grandes nomes da música erudita do século 20 se propuseram a recolhê-las e ambientá-las, criando novas possibilidades para a expressão desse rico material.As canções, que evocam de forma surpreendente, em suas melodias e ritmos, os povos que as imaginaram, são assim revestidas do mais refinado artesanato musical, em que texturas, harmonias e timbres nascem de uma sofisticada escrita para o piano.Angélica Duarte (soprano) e Edson Piza (piano) apresentam nesse recital uma pequena seleção desse vasto repertório, celebrando alguns grandes mestres e os autores anônimos que os inspiraram.

Programa:

BARTÓK, Béla – Tíz magyar dal (1906) 15´ (Dez Canções Húngaras)

I. Tiszán innen, Tíszán Tul

II. Erdök, völgyek, szük ligetek (Florestas, montanhas, bosques estreitos)

III. Olvad a hó, csárdás kisangyalom, tavasz akar lenni (Derrete a neve, Csárdás meu amor, quer virar primavera) *Csárdás, nome de uma dança.

IV. Ha bemegyek a csárdába, kimulatom magam (Se eu entro no csárda, eu me divirto) *Csárda, espécie de restaurante, bar.

V. Fehér László lovat lopott (László Fehér roubou meu cavalo)

VI. Megittam a,  piros bort a pohárbul (Bebi, bebi o vinho tinto do copo)

VII. Ez a kislány gyöngyöt füz (Esta menina está amarrando contas)

VIII. Sej, mikor ëngem katonának visznek (Sej, quando me levarem para ser soldado)

IX. Még azt mondják, sej haj iciny piciny az én babám (Ainda dizem, que meu amor é pequenino)

X. Kis kece lányom fehérbe vagyon (Minha filha, você está de branco)

RAVEL, Maurice – Cinq melodies populaires grecques (1904 – 1906) 8´

I. Chanson de la mariée (Canção da noiva)

II. Là-bas, vers l’église (Lá, perto da igreja)

III. Quel galant m’est comparable (Que galanteador se compara a mim)

IV. Chanson des cueilleuses de lentisques (Canção das colhedoras de lentisco)

V. Tout gai! (E é só felicidade!)

BRITTEN, Benjamin – Folksong Arrangements (1941 – 1959) 7´

I. The Ash Grove

II. Greensleeeves

GINASTERA, Alberto – Cinco canciones populares argentinas (1943) 10´

I. Chacarera

II. Triste

IV. Arrorró

26 domingo 11h00

RECITAL DE PIANO E VIOLÃO

Valdilice de Carvalho – piano
Marcelo Fernandes – violão

Primeira Parte – piano

Mulheres Compositoras

Clarisse Leite (1917-2003)
Marquesa de Santos (Minueto)

M.Apparecida Cortes Macedo (1937)
Caríssima (Mazurca)

Sandra Abrão (1949)
Dança Nobre

Ignez Lepsch (1913-1981)
Meus Filhos (Valsa)

Nilcéia Baroncelli (1945)
Fim de Filme (Valsa)

Dinah Menezes (1924)
Predileta (Valsa)

Emília De Benedictis (1919-1996)
Viagem

Emília Resende (1895-1977)
Paisagem

Nina Makarova (1908-1976)
Estido opus16 n.2

Segunda Parte – violão

Fernando Sor (1778 1839)
Seis Estudos
Tema Variado op. 15

Mauro Giuliani (1781 – 1829)
Três Estudos
Grande Overture op. 61

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s