Calderón

  Formosa compostura
            dessa vária inferior arquitetura,
      que, entre sombras distantes, aparências
    a esta celeste usurpas seus brilhantes, reflexos.

Se antes de ser não sou nada
o que serei quando for?
Já há em mim tanto amor
ao ser que espero ter
que para ser devo agir.

Eu sou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s